quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Decodificando o número do chassis - Parte 2 - A partir de 1984

Prezados,



Localização do número do chassis: Sempre na longarina direita, face superior, próximo ao motor de partida.

Para veículos fabricados entre 1984 e 1986 o número é composto por 17 caracteres:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
9
B
G
5
1
4
6
N
H
E
C
0
0
0
0
0
1

Posição 1 - Identifica a região geográfica de origem: 9 - América do Sul

Posição 2 - Identifica a produção no Brasil: B - Brasil

Posição 3 - Identifica o fabricante: G - General Motors do Brasil

Posição 4 - Identifica a divisão do fabricante: 5 - Automotiva

Posições 5 e 6 - Identifica entre eixos do chassis e peso bruto total:

14
Entre eixos de 2920 mm
Até 3.000 kg
24
Entre eixos de 2920 mm
Entre 3.001 e 4.000 kg
25
Entre eixos de 3230 mm
Entre 3.001 e 4.000 kg

Posição 7 - Identifica a combinação chassis - carroceria:

1
Só chassis ou sem cabine
2
Cofre do motor e parabrisa ou meia cabine
3
Cabine
4
Cabine e caçamba
5
Carroceria furgão
6
Utilitário ou perua ou camioneta de uso misto (Veraneio)
7
Ambulância ou carroceria especial
8
Cabine dupla e caçamba
9
Cabine estendida

Posição 8 - Identifica o nível de acabamento:

Para o ano de fabricação 1984:
N
Standart
P
Luxo
Q
Super luxo
S
Especial, acabado fora da fábrica
Z
Especial, acabo dentro da fábrica

Para os anos de fabricação 1985 e 1986:
N
Standart
P
Luxo
Q
Super luxo

Posição 9 - Identifica o tipo de motor:

Código
Combustível
Capacidade (em pol³)
Capacidade (em cm³)
Potência Bruta (em CV)
Potência Líquida
(em CV)
Carburação*
D
Álcool
151
2.474
88
65
2V
E
Gasolina
151
2.474
82
60
1V
F
Álcool
250
4.093
115
99
2V
H
Gasolina
250
4.093
118
87
2V
L
Gasolina
292
4.784
110
96
1V
M
Álcool
292
4.784
148
109
2V
N
Perkins Diesel
236
3.868
90
66
-
X
Perkins Diesel
357
5.843
135
99
-
* Acredito que este código tenha a ver com a quantidade de corpos do carburador - 1V = um venturi (Corpo simples) ou de dois venturis (corpo duplo)

Posição 10 - Identifica o ano de fabricação:

E = 1984
F = 1985
G = 1986

Posições 11 a 13 - Identifica o sequencial de produção, iniciando em 00001

Para veículos fabricados a partir de 1987 o número é composto por 17 caracteres:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
9
B
G
1
4
6
N
F
H
H
C
0
0
0
0
0
1

Posição 1 - Identifica a região geográfica de origem:

8
América do Sul
9
América do Sul

Posição 2 - Identifica o país de produção:

A
Argentina
B
Brasil

Posição 3 - Identifica o fabricante: G - General Motors do Brasil

Posições 4 e 5 - Identifica entre eixos do chassis e peso bruto total:

11
Entre eixos de 2720 mm
Até 3.000 kg
12
Entre eixos de 2750 mm
Até 3.000 kg
13
Entre eixos de 2590 mm ou 3120 mm*
Até 3.000 kg
14
Entre eixos de 2920*¹ mm
Até 3.000 kg
24
Entre eixos de 2920 mm
Entre 3.001 e 4.000 kg
25
Entre eixos de 3230*² mm
Entre 3.001 e 4.000 kg
11
Entre eixos de 2720 mm
Até 3.000 kg
12
Entre eixos de 2750 mm
Até 3.000 kg
*¹ Consta também como 2.921 mm. *² Consta também como 3.226 mm.

Posição 6 - Identifica a combinação chassis - carroceria:

1
Só chassis ou sem cabine
2
Cofre do motor e parabrisa ou meia cabine
3
Cabine
4
Cabine e caçamba
5
Até 1989 - Carroceria furgão
A partir de 1990 - Bonanza
6
Utilitário ou perua ou camioneta de uso misto
(Veraneio ou Gran Blazer)
7
Ambulância ou carroceria especial
8
Cabine dupla e caçamba
9
Cabine estendida

Posição 7 - Identifica o nível de acabamento: Os níveis de acabamento variam ano a ano, além, das versões especiais:

Para os anos de fabricação 1987 a 1988:
N
Standart
Q
Super luxo
X
Standart, dotado de tração 4x4
Z
Super luxo, dotado de tração 4x4

Para os anos de fabricação 1989 e 1990:
N
Standart ou Custom "S"
P
El Camino*
R
Super luxo
X
Standart ou Custom "S", dotado de tração 4x4
Z
Super luxo, dotado de tração 4x4
* Não me recordo deste nível de acabamento neste ano.

A partir do ano de fabricação 1991:
N
Standart ou Custom "S"
P
El Camino*
R*
Custom Deluxe
DLX
X*
Standart ou Custom "S", dotado de tração 4x4
Champ (>1994)
Z*
Custom "Deluxe", dotado de tração 4x4
Conquest (>1992)
* Depende da fonte.

Posição 8 - Identifica o tipo de motor:

Para o ano de fabricação até 1990:
Código
Combustível
Capacidade (em pol³)
Capacidade (em cm³)
Potência Bruta (em CV)
Potência Líquida
(em CV)
Carburação*
A
Diesel
-
4.000
92
60
-
B
Diesel Turbo
-
4.000
120
88
-
D
Álcool
151
2.474
88
65
2V
E
Gasolina
151
2.474
82
60
1V
F
Álcool
250
4.093
115
99
2V
H
Gasolina
250
4.093
118
87
2V
L
Gasolina
292
4.784
110
96
1V
M
Álcool
292
4.784
148
109
2V
N
Perkins Diesel
236
3.868
90
66
-
X
Perkins Diesel
357
5.843
135
99
-
* Tipo de carburador - 1V = um venturi (Corpo simples) ou de dois venturis (corpo duplo)

Para o ano de fabricação a partir de 1991:
Código
Combustível
Capacidade (em pol³)
Capacidade (em cm³)
Potência Bruta (em CV)
Potência Líquida
(em CV)*¹
Motor
/
Carburação*²
A
Diesel
-
4.000
92
60
Maxion S4
B
Diesel Turbo
-
4.000
120
88
Maxion S4T
D
Diesel Turbo Plus
-
4.000
150
-
Maxion S4T Plus
E
Gasolina
250
4.093
148
109
MPFI
Z
Diesel Turbo
-
4.200
141
-
MWM Sprint 6.07T
*¹ - Na fonte há dois valores declarados como Potência Líquida, optei em manter o valor maior como potência bruta e o menor com potência líquida de forma a ficar coerente com os valores da tabela anterior, válida para até 1990.
*² - Tipo de carburador - 1V = um venturi (Corpo simples) ou de dois venturis (corpo duplo)

Posições 9 e 10 - Identifica o ano de modelo e fabricação:

H = 1987
J = 1988
K = 1989
L = 1990
M = 1991
N = 1992
P = 1993
R = 1994
S = 1995
T = 1996
V = 1997
W = 1998
X = 1999




Posição 11 - Identifica a fábrica onde o veículo foi produzido:

A = Córdoba (Argentina)
B = São Caetano do Sul
C = São José dos Campos

Posições 12 a 17 - Identifica o sequencial de produção, iniciando em 100001


Fonte: Manual de Técnicas de Identificação Veicular e Documental, de Arnaldo Nadim Miziara e Gersioneton de A. Barros, Ed. Abdetran, com adaptações, reproduzido com autorização dos autores - Arnaldo Miziara arnaldomiziara@gmail.com e Gersioneton de A. Barros gersioneton@hotmail.com Proibida a cópia ou reprodução por qualquer meio sem autorização dos autores.

2 comentários:

  1. Meu caro,

    Só posso agradecer a sua generosidade em divulgar esses dados tão interessantes. A Veraneio é um dos veículos mais interessantes que a Chevrolet já fez, particularmente gostava muito das dos anos 70/80, infelizmente não mais vejo as Veraneio Ambulânica, com a sirene pneumática, tão comuns a tantos anos atrás...

    Parabéns pelo teu blog e desejo sucesso com a sua Veraneio! E curta bastante o ronco do seis cilindros, pois uma viatura dessas não é pra ficar parada.

    Abraço,

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, gostei do seu blog, a única coisa que não gostei foi descobrir que os numeros de chassis terminados em P é para tração positiva, e a minha não é ... vou correr atrás disso. bom, tentei baixar o esquema elétrico da c10 seguindo um link aqui no seu blog mas o arquivo esta danificado ... vc tem pra enviar? vagner.santana.soares@gmail.com

    ResponderExcluir